Black Friday e Marketing Digital: Dicas de ações para vender mais!

Black Friday e Marketing Digital: Dicas de ações para vender mais!
chatbot

Fim do ano já está aí e começam os preparativos para as datas mais esperadas pelo comércio.

Iniciando pela Black Friday, que neste ano acontecerá no dia 24 de novembro e em seguida o Natal, que sempre foi a data mais importante em vendas para o comércio em geral.

O que é e de onde surgiu a Black Friday?

Antes de mais nada, um pouquinho de história.

A expressão Black Friday foi criada nos Estados Unidos, no final dos anos 90, quando comerciantes começaram a chamar assim as estratégias de vendas que acontecem anualmente na sexta-feira seguinte ao feriado de Ação de Graças.

O varejo dos Estados Unidos determinou a Black Friday como o início do período de vendas de Natal, sendo quando ocorrem os maiores números de vendas no comércio durante o ano.

Neste dia, nos Estados Unidos, as lojas abrem horas mais cedo para atrair a maior quantidade de clientes possível e se dispõem a oferecer descontos consideráveis nos produtos, sendo que algumas lojas oferecem desconto maior do que no Natal.

E do lado de fora os clientes se amontoam nas portas das lojas aguardando sua abertura para aproveitar as ofertas do dia.

Muitos países adotaram essa ideia para o comercio interno.

Black Friday no Brasil: força consolidada!

A primeira Black Friday do Brasil aconteceu no dia 28 de novembro de 2010 e foi exclusivamente online.

Nesta primeira ação de vendas cerca de 50 lojas virtuais aderiram. Com o passar dos anos o comércio de rua também aderiu à data e desde então as vendas batem recordes.

Os resultados dessa data são impressionantes e comprovam a força da Black Friday para o comércio brasileiro.

As expectativas são as melhores possíveis sendo de um aumento de 15% em relação ao ano passado, 2016, chegando a um faturamento de 2,2 bilhões de reais.

Pesquisas do Google indicam que 7% a mais de consumidores disseram que comprariam produtos com desconto na Black Friday desse ano, em comparação ao ano passado.

E mais ainda, que os consumidores iniciam suas pesquisas de preço e produto com cerca de duas semanas de antecedência, através das ferramentas de busca online.

black friday marketing digital

Pesquisa realizada pela Navegg para entender o público da Black Friday

Outra questão importante foi levantada por essa pesquisa e está relacionada a descrença e insegurança sentida por 37% dos consumidores entrevistados sobre as promoções da Black Friday.

Essa importante data para o comércio varejista já foi pivô de problemas relacionados a fraudes no preço de produtos.

Empresas praticavam (e algumas ainda fazem) a maquiagem de preços que funcionava com o aumento indiscriminado do preço dos produtos alguns dias antes da Black Friday para que no dia exato a loja pudesse oferecer o desconto. Mas na realidade os clientes pagavam o preço original.

Além disso, muitos consumidores relataram problemas com atraso na entrega de produtos e venda de itens fora de estoque.

Setores com maiores vendas na Black Friday

Os produtos mais procurados e vendidos na Black Friday dos últimos anos foram a linha branca de eletrodomésticos, ou seja, refrigeradores, fogões e máquinas de lavar.

Em seguida surgem os diversos modelos de smartphones e celulares e em terceiro lugar a chamada linha marrom que inclui os produtos eletrônicos de som e imagem como as TVs, DVDs.

Os produtos de informática, games, utensílios para casa e decoração também entram na lista dos mais queridinhos dos brasileiros.

Mas cada vez mais setores diferentes de empresas entram nessa estratégia da Black Friday e já é possível encontrar descontos em agências de viagem, supermercados, lojas de roupas e uma infinidade de outros produtos ou serviços.

Os clientes aproveitam o desconto das lojas de todos os tipos.

Afinal, como se preparar para a Black Friday?

A antecedência e o planejamento são grandes aliados para essa preparação.

O grande diferencial dessa data em relação a outros dias comemorativos durante o ano, como dia das crianças ou das mães, é que as pessoas têm somente um dia para aproveitarem as ofertas e descontos.

Esse pequeno detalhe faz toda a diferença em termos de estratégia de marketing, estoque de produtos, capacidade de vendas, etc.

É essencial que os administradores se planejem e antecipem todas as necessidades das empresas para conseguirem se concentrar nas promoções e atendimento aos clientes no dia da Black Friday, resolvendo apenas questões urgentes.

Outro fator decisivo para o sucesso da data para a empresa é a expectativa dos clientes.

As pessoas precisam ter interesse pelas ofertas e para isso devem receber mensagens que criem essa expectativa semanas antes.

Dessa forma elas terão tempo para que prepararem e programarem as compras. E para isso acontecer é necessário ter um planejamento de marketing eficiente.

Black Friday e Marketing Digital: como aproveitar os dois?

1) Avalie os resultados anteriores e planeje uma campanha

Qualquer ação de marketing deve iniciar com o planejamento da estratégia de divulgação.

É preciso traçar objetivos, recursos, público-alvo, canais de veiculação, etc, identificar no mercado o que será mais requisitado pelos consumidores.

O empresário e sua equipe de marketing devem pensar em todas as etapas da campanha estabelecendo prazos e definindo funções.

Uma ideia interessante é olhar os resultados dos anos anteriores da própria empresa, caso tenha participado, ou mesmo buscar essa informação em empresas do mesmo ramo de atividade, caso seja a primeira ação de vendas desse tipo.

Esses dados são importantes para identificar ações que deram certo ou não no passado e também o comportamento dos consumidores.

As informações dos anos anteriores podem traçar expectativas de acessos simultâneos e interação do público nas redes sociais, por exemplo.

Dessa forma você pode criar um plano de atendimento aos clientes (disponibilizando mais funcionários para a função e dando maior atenção aos novos clientes) e também buscar um reforço na estrutura do servidor do seu site para comportar o número de acessos ao mesmo tempo, evitando momentos fora do ar ou mesmo interrupções nas conclusões de compra.

2) Crie uma landing page para captura de e-mails

Essa estratégia é muito eficaz quando bem utilizada, mas precisa de antecedência.

Algumas semanas ou meses antes você deve criar uma página ou um pop-up de saída em seu site que permita a captura de e-mails de pessoas que demonstrem interesse em adquirir produtos na Black Friday.

Vale fazer uso das famosas iscas digitais, descontos maiores, ou mesmo a promessa de receber as promoções antes de todo mundo.

É legal também criar uma identidade visual exclusiva e bem diferenciada para esse formulário para que não haja dúvidas sobre a intenção da captura.

Uma dica interessante é investir em mídia paga para capturar o máximo de e-mails possível. Esse passo é essencial para colocar em prática outra ferramenta de marketing digital que é o e-mail marketing e fazê-la dar certo.

3) Crie uma campanha de e-mail marketing eficiente

Depois de ter uma base de clientes interessados nas suas ofertas é preciso segmentá-la corretamente.

Tv GIFs - Find & Share on GIPHY

Só assim será possível enviar promoções que sejam relevantes para aquele público. Claro que todo mundo gosta de receber descontos, mas só se for de produtos de seu interesse, caso contrário a pessoa acaba se incomodando com os e-mails.

A menos que seu negócio possua um nicho muito específico, faça uso da segmentação e personalize a sua newsletter da Black Friday.

4) Esteja preparado para o grande dia

Prepare seu estoque, funcionários e o seu site (no caso de loja virtual) para o tão esperado dia.

A data promete grandes vendas e o mercado está de olho nas reclamações dos clientes.

Negocie com os fornecedores para conseguir descontos reais em produtos que seus clientes procuram, crie uma estratégia que garanta um excelente atendimento aos clientes e garanta que o estoque esteja com produtos suficientes.

A Black Friday é uma ótima oportunidade de vendas e inicia um período promissor do ano para o comércio, mas se não for bem planejada e executada pode causar danos de imagem importantes.

Com ações simples de estratégia e marketing seus clientes poderão aproveitar suas ofertas e sua empresa lucrará muito com isso.

facebook ads para empresas

Advertisement
Redator Alaska

Este artigo foi redigido por um de nossos redatores certificados em marketing de conteúdo e inbound marketing.