Veja a importância do conteúdo orientado por dados

|

Podemos começar dizendo que data driven é a resposta mais exata para qualquer decisão que uma empresa venha a tomar.

Com o data driven marketing, as estratégias de conteúdo, de crescimento e de expansão da marca são atrelados aos números e as informações reais do cenário que está sendo analisado.

Isso tem grande valor no crescimento de um negócio.

Por exemplo, você consegue imaginar como vai ser o cenário do marketing digital pós pandemia?

Talvez você e todas as outras pessoas da sua empresa tenham suas opiniões intuitivas sobre como as tendências, os comportamentos e os processos vão se reciclar quando finalmente a pandemia acabar, mas a verdade é que somente os dados de estudos e pesquisas podem fornecer essa certeza.

Fornecer dados para sustentar uma decisão e ter maiores resultados não só nas estratégias digitais, mas também no faturamento da empresa é a grande jogada em se usar o data driven na rotina.

A tradução para data driven é “orientado por dados”.

Quando os planejamentos e as ações são criadas e executadas com base em métricas, em dados e em números, a chance de se obter resultados é maior.

Por dentro da cultura de dados

Para as pessoas e empresas que não conseguem se aprofundar tecnicamente nas informações para então bater as suas metas mensais e alcançar mais resultados, saiba que implementar a cultura data driven na rotina vai transformar essa realidade e vai mudar totalmente esse cenário.

Você se identifica com os esforços que parecem ser em vão?

Se sim, saiba que a primeira atitude a se repensar é a forma como as estratégias e as escolhas são tomadas diariamente.

Se uma estratégia de vendas é criada apenas com base em uma época do ano, por exemplo, então, essa é uma estratégia que está sendo pautada no achismo e nas ações gerais do mercado, como acontece quando é época de natal ou o dia das mães.

Uma organização orientada pela cultura data driven faz o uso constante dos dados e dos resultados obtidos para criar ações de vendas, para gerar copywritings que vão trazer conversão para o negócio e para estruturar ações de marketing que vão ajudar a alcançar as metas estabelecidas.

Um ótimo exemplo da cultura data driven em ação e que certamente você contribui para que ela aconteça é a forma como a Netflix trabalha diariamente.

Você já observou como as recomendações de filmes e os conteúdos são apresentados de maneira muito assertiva para você?

Isso não é um simples acaso, mas sim um trabalho orientado por dados para fornecer aos usuários a melhor experiência possível.

É com base na maneira que os usuários navegam pela plataforma que os dados de preferências são gerados.

Alguns exemplos de como a Netflix faz o uso de dados para criar as melhores experiências:

A rotina de acesso na plataforma de streaming:

  • Os horários que o usuário costuma assistir;
  • Por quanto tempo;
  • Qual o tipo de conteúdo mais buscado;
  • Horas e dias da semana dedicadas para assistir algum conteúdo.

A maneira como você assiste aos conteúdos:

  • A maneira como o usuário avança ou pausa no filme entre os episódios da série ou partes do filme.

O dispositivo usado para assistir aos conteúdos:

  • Se o acesso é feito por celular, por tablet, por computador;
  • Usado o aplicativo ou navegador.

A classificação de gostei e de não gostei também são dados valiosos que a Netflix utiliza para entender o que agrada o seu público e como fazer a melhor distribuição dos conteúdos.

Experiências e tomadas de decisões baseadas nos dados que os próprios usuários fornecem ao acessar a plataforma.

A grande sacada é que todas as empresas têm de alguma forma uma maneira de conseguir dados importantes e relevantes para o negócio.

Mas para isso fazer sentido, todos precisam viver a cultura data driven.

E com a cultura driven, também se faz necessário e importante entender como os dados podem deixar de ser apenas números para se tornar em uma informação relevante. 

Esse hábito de colher os dados, de analisar e de tomar as decisões baseadas em data driven precisa ser praticado diariamente, principalmente e primeiramente entre os líderes que devem usar dos dados para tomar decisões e dar o exemplo para o restante da equipe.

O que é o conteúdo data driven 

Usar a cultura de data driven na criação de conteúdo é fornecer mais razões para o seu leitor permanecer lendo o conteúdo até o final.

Os dados que fazem toda diferença no marketing de conteúdo pode contribuir com a construção não só de resultados, mas também com a construção da credibilidade que hoje é tão importante no mundo virtual.

Se a Netflix usa os dados de acesso dos usuários para sugerir as melhores opções do catálogo e incentivar que ele fique ou volte cada vez mais para a plataforma, a sua empresa também pode adotar esse tipo de raciocínio para criar e entregar conteúdos de qualidade ao seu leitor.

Mas como trazer as práticas do data driven marketing para o conteúdo?

Investigue as preferências de assuntos que são do interesse do seu público.

Busque saber das plataformas mais utilizadas e os diferentes tipos de conteúdos que mais consome.

As chances da estratégia de conteúdo e a produção do texto ter mais relevância e mais chances com o seu leitor é bem maior se for orientada em dados.

Outra forma de incluir o data driven no texto é buscando referências, números e dados de fontes seguras e relevantes para dar maior embasamento no que está sendo dito no texto.

É como diz o ditado: contra fatos, não há argumentos.

Com os dados certos e relevantes durante o texto, a probabilidade do leitor ficar no seu texto até o final e até de recomendá-lo para outras pessoas, pode ser bem maior.

E já que estamos falando do texto, não dá para esquecer do título.

Conseguir prender a atenção do leitor logo no título é uma grande sacada que funciona ainda mais se for usado um dado que faça sentido ao conteúdo, que seja relevante e que principalmente, seja verdadeiro. Alguns exemplos de títulos com dados são:

27% das empresas de marketing não conseguem alcançar os resultados esperados. Você sabe o motivo?

A nova tecnologia de dados que é capaz de aumentar o faturamento do seu negócio em 30%.

Uma excelente alternativa para crescer as vendas em 15% em 30 dias.

Observe por você mesmo o grau de curiosidade que você ficaria com qualquer um desses títulos enquanto busca por soluções para crescer as receitas da empresa.

Usar os dados corretos para chamar a atenção do leitor e orientar a sua produção de conteúdo.

Fazer isso no planejamento e na criação do conteúdo vai enriquecer os seus textos e aumentar a chance de um possível lead acessá-lo.

Mas não se esqueça, os dados usados no título e durante o texto precisam ser coerentes e verdadeiros.

Sem essa transparência, toda a estratégia pode ser colocada em risco.

Por que utilizar o conteúdo data driven na estratégia de marketing de conteúdo

Além da grande chance de transformar um leitor em lead e o lead em um possível cliente que sempre retorna ao seu site ou blog para acompanhar as atualizações de conteúdo, usar o conteúdo data driven vai levar a sua produção de texto a outro nível.

Sabe o exemplo acima sobre chamar a atenção logo no título com a ajuda dos números?

Outra razão para incluir o data driven como opção de criação de textos é que você tem a oportunidade de cativar o leitor com dados relevantes para o que ele está buscando, mas que são passados de maneira mais didática.

Afinal, não é só com dados que se cria um conteúdo ou que se faz a construção do branded content.

Mesclar a criatividade e didática simplificada para aproximar o leitor da informação é importante para que ele não saia do conteúdo sem entender a mensagem que deveria ter sido transmitida.

Outra razão que também já foi dita aqui como motivo para você usar os dados é direcionar as informações para criar também a estratégia de marketing de conteúdo.

Entender o comportamento do seu público e buscar entender o comportamento do mercado e o volume de buscas de um assunto antes de criar uma pauta de texto tem maiores chances de dar certo do que um texto que foi criado em uma suposição.

Usar diariamente o data driven marketing no conteúdo vai contribuir para que as metas de engajamento e de fluxo de visitas nas plataformas digitais sejam alcançadas.

Dicas de como implementar o conteúdo GUIADO POR DADOS

Se a ideia é se orientar com dados e inserir esse hábito em todas as partes do processo que envolva o conteúdo, então antes mesmo de começar a escrever o texto, é importante já ter essa orientação dos dados na pesquisa do conteúdo.

Uma forma de começar a colocar em prática o conteúdo data driven é partindo da coleta dos dados que vão formar o planejamento do conteúdo e contribuir com a criação do texto.

O levantamento desses dados pode partir de algumas perguntas que vão facilitar o processo e o entendimento dos números que serão pesquisados.

  • Existem dados, referências e pesquisas que agreguem e seja possível inserir durante o texto?
  • Como usar esses dados para criar um título mais envolvente?
  • O público se interessa pelo conteúdo?
  • Quem é a minha persona? Para quem vou escrever?
  • Quais conteúdos têm ganhado mais visibilidade no seu blog?

Essas questões vão provocar questionamentos que vão levar a pesquisas profundas sobre os dados que o próprio leitor fornece a você para então usar essas informações para criar conteúdos de qualidade e com maiores chances de engajamento.

Fazer o uso de ferramentas de monitoramento, como a ferramenta analytics do Google, por exemplo, é uma ótima maneira de ter acesso a esses dados e poder usar os benefícios do data driven já no planejamento do conteúdo e também na criação de um e-mail marketing eficiente.

Depois de criar pautas baseadas nos dados e não em um gosto particular por um tema, por exemplo, é o momento de produzir o texto.

Antes mesmo da produção do conteúdo começar, é importante considerar outros pontos que podem ser inseridos no texto.

Esses pontos ajudam na melhor distribuição e compreensão dos dados captados no planejamento, afinal, o objetivo é sempre fazer com que o leitor fique no texto e leia tudo até o final.

Algumas questões para se considerar são:

  • Além do texto em si, é possível inserir outro tipo de informação ou conteúdo que ajude no bom entendimento do texto, como, por exemplo, um infográfico?
  • Qual a prioridade durante a produção do texto?
  • É possível desenvolver esses dados de maneira leve e didática durante o texto?

Essas reflexões ajudam no desenvolvimento do texto para que as ideias não se percam.

Também auxiliam para que os dados sejam considerados e usados de maneira correta no texto e para que o objetivo seja mantido até o final.

Mas, importante lembrar que o que realmente vai fazer a diferença para a empresa em sua totalidade na busca de suas metas e no crescimento das vendas é o quanto toda a equipe consegue realmente desenvolver e manter uma rotina de ações baseadas nos dados.

E pensando agora no cenário do marketing digital, é fundamental lembrar que os dados para a tomada de decisão são ainda mais necessários. Eles são o divisor de águas para estratégias bem sucedidas e estratégias que não geram resultados para a empresa.

Deixar que conteúdos vão ao ar sem ao menos estarem integrados com as necessidades e com a realidade do público é como usar o tempo de produção em vão.

Em tempos da era digital, a necessidade de trabalhar com data driven vem sendo cada vez maior.

A todo momento, nós, usuários da internet estamos emitindo dados de preferências e de comportamento, então, por que não usar essas informações a favor da empresa?

E para quebrar qualquer indagação sobre o acesso aos dados, temos à disposição plataformas de rede social e de monitoramento que fornecem esses dados a todo momento. Inclusive, muitas dessas ferramentas disponibilizam as informações de forma gratuita a quem quiser checar.

Mas, se a questão da sua empresa for como entender e utilizar o data driven da melhor maneira possível para alavancar os seus resultados, então a Alaska pode ajudar.

Aqui na Alaska, além das consultorias especializadas, temos também um arsenal de materiais gratuitos sobre marketing digital que estão disponíveis para download e que vão orientar a sua empresa em todas as pontas que formam o marketing de conteúdo e o marketing digital. Baixe todos de forma gratuita.

CTA materiais gratuitos