Não seja um minion e evite os 16 piores erros de produção de conteúdo

Não seja um minion e evite os 16 piores erros de produção de conteúdo
chatbot

Você deve estar pensando: mas o que os minions, aqueles bichinhos amarelos e fofinhos, tem a ver com produção de conteúdo?

Tem a ver pelos adjetivos deles: atrapalhados e conformados.

Quem já assistiu aos filmes que os Minions aparecem sabe bem do que estou falando. Eles são engraçados justamente por ficarem contentes por coisas inúteis e ter um lema que vão onde a maré leva.

E um produtor de conteúdo ou redator precisa ser exatamente o contrário para obter resultados.

Infelizmente, ainda existem planejamentos equivocadas quando o assunto é criação de conteúdo para estratégias digitais de marketing.

E alguns erros já são o suficientes para provocarem uma queda nos números dos resultados e claro, na conversão mensal.

Por isso, fazendo uma analogia com o comportamento desses amarelinhos, separamos os 16 maiores erros de produção de conteúdo e te mostramos porque você não deve se parecer com um minion nesse momento. ?

1. Pensar que quantidade é melhor que qualidade

Muita gente ainda pensa que um conteúdo rico tem a ver com quantidade e números de linhas de um texto.

É claro que o número de palavras somam para uma boa estratégia de SEO, mas se você não pensar no usuário, coerência e objetivo dos textos, não atenderá as expectativas do leitor.

É preciso ser claro, simples e direto.

Afinal, quanto mais minions estiverem num lugar, mais confusões provavelmente virão.

2. Esperar que a inspiração para escrever chegue

Se você está no começo da estratégia de marketing de conteúdo é comum ficar inseguro com a criação de artigos e materiais que incluem textos.

Mas saiba que produção de conteúdo está mais ligado ao fato de um bom planejamento e análise de concorrência do que com inspiração.

Portanto, outra dica é não esperar que uma ideia chegue na sua cabeça, mas sim ir atrás dela.

Isso é feito apenas com um bom planejamento de personas, jornada de compras e gestão de conteúdo.

Então não fique igual o Bob nesse gif, esperando alguma coisa acontecer. Pesquise, planeje e analise!

erros de produção de conteúdo

3. Não analisar a concorrência antes de escrever

Outro erro comum nas táticas de marketing de conteúdo é a ausência de copyright.

Não. Não estou falando de plágio e nem de cópia.

Mas durante o planejamento de conteúdo, não faz sentido produzir um conteúdo que não seja o melhor e mais completo dentre os três primeiros do Google. Só assim o seu texto será realmente relevante.

É uma questão de lógica: se não for pra ser melhor, por que o Google vai subi-lo de posição?

erros de produção de conteúdo

Autoridade se constrói – antes de mais nada – com preparação!

4. Esquecer das keywords, estrutura e canais

Você fez aquele texto enorme mas não pesquisou keywords… se isso acontece, não deveria acontecer.

O planejamento de conteúdo não está ligado apenas para quem você vai escrever ou de acordo com a jornada de compras. É preciso planejar o conteúdo, o assunto, a estrutura, os títulos, as keywords e canais de distribuição.

Caso contrário, algo vai dar errado – assim como sempre acontece com os minions que nunca planejam nada e acabam aprontando algum problema.

erros de marketing de conteúdo

5. Não se importar com a escaneabilidade do texto

Está enganado quem pensa que produção de conteúdo só está ligado ao planejamento e SEO.

Existe algo muito importante na hora de criar o seu blog post: a escaneabilidade.

De nada adianta ter um planejamento excelente e o primeiro lugar do Google, se ninguém consegue encontrar nada no seu artigo ou ficar nele por mais de 1 minuto.

Por isso, é preciso prestar atenção se o conteúdo não está cansativo demais ou difícil de escanear.

Minion GIF - Find & Share on GIPHY

6. Esquecer de distribuir os conteúdos nos canais sociais

E isso deve ser planejado com antecedência.

Distribua o seu conteúdo nas redes sociais de acordo com o perfil da sua persona, além de ser uma forma de engajar e se relacionar com seu público, você vai atrair visitantes para o seu blog.

E olha que neste ponto o Kevin faz direitinho!

produção de conteúdo

Social Media do ano!

7. Não otimizar o texto para SEO

Um erro de principiante em marketing de conteúdo, mas natural no processo de aprendizado.

Não preciso dizer que para seu texto ter um bom posicionamento e ser encontrável organicamente é preciso ser otimizado para SEO.

E para isso é preciso planejar as keywords e até encontrar formas mais inteligente de usá-las. Por exemplo: dependendo do assunto do seu artigo, foque em keywords long tail.

Fazendo isso, esteja pronta para voar como Stuart!

Minions GIF - Find & Share on GIPHY

8. Conteúdo sem foco e objetivo

Se a produção do seu artigo não tiver um objetivo, fica fácil se perder igual esses pequenos seres amarelos…

Uma dica: sempre que for escrever um texto, monte primeiramente a sua estrutura e deixe claro para quem e para que você está produzindo ele.

É preciso se acalmar e seguir um caminho para atingir um objetivo.

Animation GIF - Find & Share on GIPHY

9. Não atualizar os textos já escritos

Os minions não mudam.

Mal vão atrás de outra fruta pra chamar de sua – além da banana.

Ao contrário deles, você não pode se acomodar quando se trata de marketing digital e principalmente de produção de textos.

Quer garantir ou melhorar a sua posição no Google?

Então é preciso sempre atualizar seus antigos textos do seu blog, colocando informações novas e otimizando o SEO.

Yellow GIF - Find & Share on GIPHY

10. Não comprimir as imagens do post

Um ponto que muitos simplesmente ignoram.

O peso da página do seu artigo influencia negativamente na experiência do usuário e SEO – isso porque se um site demora para carregar, o usuário simplesmente abandona a navegação.

As consequências disso são um alto índice de rejeição, penalização no google search e inavegabilidade em dispositivos com internet móvel. Imagens são os elementos que mais pesam num website, representando cerca de 60% do tamanho do mesmo em megabytes.

Apesar de ser um erro comum, é também um dos mais simples de sanar!

Diferente do gif abaixo onde temos um minion zoado e outro limpinho, você pode comprimir uma imagem sem perder a qualidade – e ainda economizar muito espaço de carregamento.

 

Happy GIF - Find & Share on GIPHY

Para isto, basta salvar sua imagem para web (passo recomendado porém opcional) e subir o arquivo no TinyPNG ou ShortPixel.

Daí é só baixar a versão comprimida e aproveitar.

11. Não otimizar ou usar CTAs

Outra coisa a ser definida na hora do planejamento: os call to actions.

Quando você define bem a sua persona e jornada de compras, fica muito mais fácil saber por qual caminho ela deverá percorrer. Isso facilita na hora de definir o CTA correto.

Mas atenção: um bom call-to-action consegue chamar a atenção de maneira irresistível! Faça inúmeros testes A/B e otimize periodicamente os seus ctas para obter os melhores resultados.

Temos que concordar que os minions sabem bem como chamar atenção!

marketing de conteúdo

Um verdadeiro call-to-action.

12. Não aproveitar os conteúdos para criação de materiais ricos

Essa é outra dica super importante: aproveite seu conteúdo sempre!

E lá vou eu falar novamente de planejamento…

Quando você define suas pautas com antecedência e utiliza um cronograma para isso, fica mais fácil de saber qual material rico você pode produzir.

Ao invés de criar um do zero, aproveite informações de vários outros conteúdos do mesmo assunto.

Por exemplo: temos um artigo sobre funil de vendas geral no blog e outros sobre cada etapa do funil e como criar conteúdo para cada uma delas.

Então criamos o passo a passo para planejar o seu funil de vendas.

produção de texto

13. Esquecer de analisar os resultados

Eu tenho uma regra e lema de vida profissional: no marketing digital analise tudo o que você faz!

Colha os dados corretos e mensure o que está trazendo resultados e o que não está, depois disso é só seguir por outro caminho ou otimizar as suas ações.

Coloque em prática: guie-se totalmente baseado em metas e dados.

inbound marketing

Evite surpresas desagradáveis com analise constante 🙂

14. Falar apenas sobre a sua empresa…

“Banana”, “Banana”, “Banana!”

Troque o disco!

Lembre-se que o inbound marketing não tem o objetivo de você falar o quanto a sua empresa é a melhor, mas sim ajudar a resolver os problemas do seu cliente!

A ideia é que seu conteúdo deve ser rei, agregar valor.

Minions GIF - Find & Share on GIPHY

15. Não pensar na jornada de compras

Esse é um erro frequente e você precisa mudar ele agora mesmo.

Lembra quando eu falei do objetivo no tópico lá de cima? Pois então. A jornada de compras existe justamente para te ajudar a aumentar a conversão da sua empresa. É nela que definimos como o seu usuário será guiado até a compra.

De nada adianta entregar um artigo de topo de funil para a persona que precisa de conteúdos fundo de funil.

Fazendo isso você estará jogando ainda mais para longe os seus resultados ou matando de vez a estratégia, como esse minion abaixo…

Football GIF - Find & Share on GIPHY

16. Não pensar sobre variedade de conteúdo

É preciso ter objetivo sim. Mas variedade de conteúdo também conta.

Procure atualizar o blog da sua empresa com frequência, com conteúdos e materiais ricos variados.

É claro que é preciso ter foco! Porém quanto mais conteúdo diferente você tiver, mais engajamento e pessoas encontrando o blog da sua empresa você terá para atingir os seus objetivos.

Assim como os Minions atingiram o deles com essa variedade de Minions.

Minions GIF - Find & Share on GIPHY

BÔNUS: A evolução deve ser constante!

O marketing não para e nunca parou de evoluir.

Lembra do filme dos Minions, onde descobrimos que eles existem desdê as primeiras células do mundo? De lá para cá eles não evoluiram nada – são os mesmos seres de sempre.

A ideia aqui é: não seja um minion.

Se formos pensar no universo digital então, essa evolução é ainda mais ágil e absurda. As táticas de marketing digital que funcionam hoje, estarão obsoletas daqui há alguns anos.

É preciso que o estudante e profissional esteja vivendo o mercado para estar sempre atualizado, evoluindo junto. Quer uma boa notícia? Temos uma sessão de materiais gratuitos do nosso blog – além dele próprio – que podem te ajudar a ficar atualizado quando o assunto é marketing. 🙂

E se você chegou nesse artigo sem saber o que é marketing de conteúdo, não perca tempo e aprenda o conceito em apenas 5 minutos! Basta assistir ao vídeo clicando no botão abaixo.

Marketing de Conteúdo

Advertisement
Mariana Bueno

Publicitária, certificada em Inbound Marketing pela Resultados Digitais, especialista em estratégias digitais pela ESPM e fotógrafa no tempo livre. Delicadamente desastrada e baixinha com espaço gigante para os bons conteúdos e as boas cervejas da vida.