Mundo Sem Cookies: First, Second e Third-Party Explicados

|

No mundo digital em constante evolução, os profissionais de marketing estão enfrentando novos desafios à medida que o fim dos cookies de terceiros segue avançando.

Com a crescente preocupação com a privacidade do usuário e as mudanças nas regulamentações, as empresas estão buscando alternativas para coletar e utilizar dados de forma eficaz e ética.

Neste artigo, exploraremos os conceitos de dados first, second e third-party, e como eles se encaixam no cenário de um mundo sem cookies.

O que são Dados First-Party?

Os dados primários (first-party) são informações coletadas diretamente de seus clientes ou visitantes do site.

Esses dados podem ser:

  • Informações de cadastro
  • Histórico de compras
  • Dados de navegação no site
  • Interações com e-mails marketing

Esses dados são valiosos porque são coletados diretamente da fonte, o que significa que são confiáveis e relevantes para sua empresa. Além disso, os clientes geralmente estão cientes e concordam com a coleta desses dados, o que os torna mais receptivos a receber comunicações personalizadas.

Vantagens dos Dados Second-Party

Os dados de segunda parte (second-party) são informações coletadas por uma empresa parceira e compartilhadas com sua organização.

Esses dados podem fornecer insights valiosos sobre seu público-alvo, sem a necessidade de coletar informações diretamente.

Algumas vantagens dos dados Second-Party:

  • Troca de dados mais segura e transparente
  • Melhor compreensão do mercado-alvo
  • Identificação aprimorada de segmentos de público

Os dados obtidos por meio de ferramentas de prospecção ativa podem ser consideradas dados de second-party, desde que sejam compartilhadas entre duas entidades com o consentimento do usuário.

Desafios com Dados Third-Party

Os dados de terceiros (third-party) são informações coletadas por entidades que não têm relação direta com sua empresa ou com seus clientes.

Esses dados geralmente são agregados de várias fontes e vendidos para anunciantes para fins de direcionamento. No entanto, com as crescentes preocupações com a privacidade e as mudanças nas regulamentações, o uso de dados de terceira parte está se tornando cada vez mais desafiador.

O Google já avança com o fim dos third-party cookies: desde já a Google está rodando testes com 1% de usuários aleatórios do Chrome. A implementação para o público geral está prevista para o início de 2025.

profissionais de marketing e o fim dos cookies de terceiros

Os cookies de terceiros (third-party cookies) são fundamentais para personalizar experiências de usuário em websites, permitindo que profissionais de marketing visualizem atividades dos visitantes e compreendam seus interesses em produtos e conteúdo específicos.

Essas ferramentas ajudam a identificar quais páginas geram mais engajamento e fornecem informações cruciais para estratégias de remarketing, além de facilitar a criação de anúncios direcionados em plataformas de anúncios pagos como o Google ADs, Meta ADs, Tik Tok ADs, etc.

Sendo assim, o fim dos cookies de terceiros apresenta diversos desafios significativos para os profissionais de marketing que vão exigir adaptações e novas estratégias:

  1. Dificuldade na segmentação e personalização de anúncios: Sem os cookies de terceiros, será mais difícil para os profissionais de marketing segmentarem e personalizarem anúncios com base no comportamento do usuário. Isso pode resultar em campanhas menos direcionadas e eficazes.
  2. Mensuração de performance prejudicada: A falta de cookies de terceiros também tornará mais difícil rastrear a eficácia das campanhas publicitárias e atribuir conversões a canais específicos. Os profissionais de marketing precisarão encontrar novas formas de mensurar o desempenho de suas campanhas.
  3. Necessidade de novas estratégias e tecnologias: Diante desse novo cenário, os profissionais de marketing precisarão adotar novas soluções para alcançar seu público-alvo e impulsionar o sucesso de suas campanhas publicitárias. Isso inclui focar em dados first party, utilizar target contextual, enfatizar a privacidade e investir em novas tecnologias.
  4. Adaptação a um ambiente em constante mudança: O cenário do marketing digital está em constante evolução, com novas regulamentações e tecnologias surgindo frequentemente. Os profissionais de marketing precisam estar preparados para se adaptar rapidamente a essas mudanças e encontrar soluções inovadoras.
  5. Garantir conformidade com regulamentações de privacidade: Com a crescente preocupação dos consumidores com a privacidade de seus dados pessoais, as marcas devem priorizar a transparência e a proteção da privacidade em suas práticas de coleta e uso de dados, garantindo conformidade com regulamentações como a LGPD.

Apesar desses desafios, o fim dos cookies de terceiros também abre oportunidades para inovação e criatividade no marketing digital. Os profissionais que estiverem preparados para se adaptar e adotar novas estratégias estarão bem posicionados para ter sucesso nessa nova era.

Rastreamento Sem Cookies com GTM Server-Side

Uma solução para o rastreamento em um mundo sem cookies third-party é a utilização do Google Tag Manager (GTM) Server-Side.

O Google Tag Manager Server-Side é uma evolução na maneira como lidamos com dados na web. Ao processar informações no servidor, em vez de no navegador do usuário, aumentamos a privacidade e reduzimos a dependência de cookies third-party.

Mesmo em um cenário focado na privacidade, os cookies first-party ainda são uma opção viável. Eles são definidos e acessados pelo próprio domínio do site visitado pelo usuário. O GTM Server-Side pode ajudar a gerenciar esses cookies de forma mais segura, processando os dados coletados no servidor, o que limita a exposição de dados ao cliente ou ao navegador.

Além disso, alternativas aos cookies, como o Local Storage, APIs ou identificadores gerados pelo servidor (como IDs de sessão, que são passados ​​entre o cliente e o servidor via parâmetros de URL ou cabeçalhos de HTTP), podem ser utilizadas para armazenar informações ou preferências do usuário. O GTM Server-Side pode ser configurado para trabalhar com esses métodos de armazenamento.

Algumas vantagens do rastreamento com GTM Server-Side incluem:

  • Maior precisão e confiabilidade dos dados
  • Maior controle sobre a coleta e o processamento de dados
  • Conformidade aprimorada com as regulamentações de privacidade
  • Possibilita trabalhar com API de Conversões como a Meta cAPI

Benefícios de Privacidade e Segurança

Com a implementação server-side, os dados passam diretamente do navegador para o servidor, minimizando riscos de interceptação e melhorando a conformidade com regulamentações como GDPR e LGPD.

Melhoria na Precisão dos Dados Coletados

O rastreamento server-side reduz a perda de dados causada por bloqueadores de anúncios e erros no navegador, proporcionando uma coleta de dados mais precisa e confiável.

Melhoria na Performance no Site

Ao reduzir a carga de scripts executados no navegador do usuário, o GTM server-side pode significativamente melhorar a velocidade de carregamento das páginas, oferecendo uma melhor experiência ao usuário.

Como Implementar o GTM Server-Side com o Stape.io

Para implementar o Google Tag Manager (GTM) Server-Side usando a plataforma Stape.io, você pode seguir este passo a passo.

Passo 1: Configurar sua Conta no Stape

  1. Acesse o site do Stape: Vá para stape.io e crie uma conta se você ainda não tiver uma.
  2. Crie um contêiner sGTM e escolha o plano adequado: a Stape oferece planos baseado em escala, incluindo uma opção de teste gratuito para até 10.000 eventos mensais.
Tutorial Stape Passo 1
O plano gratuito pode ser suficiente para projetos menores ou validações
Tutorial Stape Passo 1-2
A chave do contêiner do GTM-server será obtida nos próximos passos

Passo 2: Criar e Configurar um Container Server-Side no GTM

  1. Crie um Contêiner Server-Side no GTM: No Google Tag Manager, crie um novo container selecionando a opção “server” para o tipo de container.
  2. Configurações iniciais: Configure as configurações básicas do contêiner conforme sua necessidade.
Tutorial Stape Passo 2
Tutorial Stape Passo 3
Tutorial Stape Passo 4
Essa é a chave que deve ser inserida nas configurações de contêiner no Stape

Passo 3: Configurar o Subdomínio no Stape

A principal característica do rastreamento do lado do servidor é a configuração de cookies first-party. Você precisa usar uma URL de servidor de marcação GTM personalizada para habilitar esse recurso. Essa URL deve compartilhar o mesmo domínio do seu site.

Por exemplo, se o domínio do seu site é supermario.com, então a URL do servidor de marcação GTM deve ser ss.supermario.com ou qualquercoisa.supermario.com.

Para isto, abra o contêiner sGTM no Stape, role até a seção de domínios, digite o nome do domínio e clique em Adicionar domínio. Uma vez feito isso, você verá os registros DNS que deve adicionar.

fim dos cookies de terceiros

Veja como fica o exemplo da tela acima na Cloudflare:

Tutorial Stape Passo 5
Tutorial Stape Passo 6

Passo 4: Configurar GTMs, Tags, Triggers e Variáveis

  1. Depois de apontar o seu subdomínio, volte para o seu contêiner de servidor no Google Tag Manager > Admin > Configurações do contêiner > Altere a URL do servidor de marcação pelo respectivo subdomínio (exemplo na imagem abaixo).
  2. Migrar/criar tags: Mova ou crie tags no container server-side que responderão aos eventos capturados ou dados enviados ao servidor.
  3. Definir triggers: Configure os triggers que ativam suas tags baseadas em eventos específicos ou condições.
  4. Adicionar variáveis: Defina as variáveis necessárias para capturar e manipular os dados recebidos.
Tutorial Stape Passo 7

Após isso, vamos atualizar o script do GTM-web em seu site e landing pages, pois agora você tem um domínio de marcação personalizado para o seu GTM.

mundo sem cookies
E assim seu script GTM será first-party…

Essa modificação fará com que o gtm.js seja carregado a partir do seu domínio. Para fazer isso, substitua o domínio padrão googletagmanager.com pelo domínio personalizado que você configurou na etapa anterior.

Passo 5: Testar e Depurar

  1. Modo de preview: Utilize o modo de preview do GTM Server-Side e GTM-web para testar e verificar se as tags estão disparando conforme esperado.
  2. Logs e erros: Use as ferramentas de log fornecidas pelo Stape para diagnosticar e resolver qualquer problema.

Passo 6: Publicar e Monitorar

  1. Publicar as mudanças: Uma vez que tudo esteja configurado e funcionando corretamente, publique as mudanças no seu container server-side.
  2. Monitoramento contínuo: Monitore o desempenho e os dados recebidos através do Stape e do GTM para garantir que tudo está operando suavemente.

O vídeo acima explica todo o passo a passo do setup do GTM server por meio da Stape.

Considerações Adicionais

  • Privacidade e conformidade: Certifique-se de que sua implementação está em conformidade com as leis de privacidade relevantes, como LGPD.
  • Otimizações: Aproveite as funcionalidades avançadas do Stape, como CDN global, para melhorar a velocidade e eficiência do rastreamento.

Para mais detalhes específicos ou assistência técnica, você pode consultar a documentação do Stape ou entrar em contato com o suporte deles. Se preferir pode contratar nosso serviço profissional de setup de trackeamento ou implementação do GTM Server-Side.

Conclusão: Fim Dos Cookies de Terceiros

À medida que o mundo digital continua a evoluir, é crucial que os profissionais de marketing se adaptem e encontrem novas maneiras de coletar e utilizar dados de forma eficaz e ética.

Ao entender os conceitos de dados first, second e third-party, e ao adotar soluções como o rastreamento com GTM Server-Side, as empresas podem se preparar melhor para um futuro sem cookies e continuar a fornecer experiências personalizadas e relevantes para seus clientes.

Enquanto enfrentamos o fim dos cookies de terceiros, é crucial que as equipes de marketing se preparem para explorar novas ferramentas e métodos que garantam campanhas precisas e eficazes, fortalecendo o compromisso com a proteção de dados. Assim, as marcas poderão continuar a oferecer experiências ricas e personalizadas, ao mesmo tempo em que respeitam a privacidade e promovem a transparência.

Não hesite em entrar em contato com a Alaska Marketing Digital: podemos ajudar a sua empresa a implementar o GTM Server-Side o mais rápido possível.

Brandformance: Método Escalável