Fundo do funil de vendas: entenda a etapa de decisão de compras

Atualizado em 22/08/2017

Se você chegou aqui é porque já sabe o que é Inbound Marketing. É importante também o conhecimento sobre o topo e o meio do funil de vendas.

Agora chegou o momento de falarmos sobre o fundo do funil de vendas e o motivo de você não poder ignorar essa etapa.

Além disso, você precisa entender que toda etapa do funil é extremamente importante para que sua estratégia de Inbound Marketing traga resultados!

Vamos lá?

Afinal, o que é o fundo do funil de vendas?

A última etapa da jornada de compras, também conhecida como o fundo do funil de vendas, é a parte do processo em que o lead vai decidir se vai comprar o seu produto ou serviço.

Em outras palavras, o lead já está extremamente qualificado para compra. Então é a hora dele avaliar sua empresa e os seus concorrentes para saber com qual delas vai optar.

Entendeu agora o motivo de dar a devida atenção para essa etapa do processo?

Como criar conteúdo para fundo do funil de vendas, com exemplos:

O fundo do funil de vendas funciona basicamente como a sua empresa se comportava antes do Inbound Marketing. Sabe a história de contar para todo mundo quais são as vantagens de comprar da sua empresa e não da concorrência?

Nesse estágio, você deve falar diretamente dos seus produtos e serviços, além de todas as vantagens que sua empresa oferece aos consumidores.

Existem alguns tipos de conteúdos ideais para o fundo do funil de vendas:

Ebooks para fundo do funil

Ebooks geralmente são utilizados para visitantes converterem em leads no meio de funil. Mas isso não quer dizer que você não possa criar conteúdos para fundo do funil de vendas também.

Oferecer Ebooks com as vantagens do seu serviço ou até mesmo mostrar cases de sucesso de clientes que compraram da sua empresa são ótimos conteúdos.

Fundo do funil de vendas
Exemplo de como desenvolver um ebook para o fundo do funil

Vídeos Institucionais

Vídeos são uma ótima forma de engajar o seu público.

Através deles você pode:

  • Apresentar sua equipe;
  • Apresentar como funciona a sua empresa;
  • Mostrar depoimentos de clientes satisfeitos;
  • Demonstrar como funcionam os seus produtos.

Não se esqueça de caprichar na produção e qualidade tanto do conteúdo, como da captação de imagem e do som. Afinal, é a imagem da sua empresa em jogo.

Os vídeos servem também para publicar em redes sociais ou até mesmo deixar disponível no seu site para quem quiser assistir.

O vídeo “Como obter Performance com o Marketing Digital?” da Alaska é um bom exemplo de vídeo institucional. 🙂

Webinars para o fundo do funil

Para quem não sabe, Webinar são encontros online, através de vídeos, com interação imediata.

É uma ótima opção para que os leads qualificados te conheçam e saibam mais sobre a sua empresa, podendo tirar dúvidas diretamente com a sua equipe.

Webinars também são utilizados no meio do funil para nutrir os leads.

Marque o seu webinar com o seu público através de email e crie uma Landing Page para tirar mais informações dos seus leads.

É importante ter um roteiro do que falar e abrir para perguntas no final.

Fundo do funil de vendas
Um exemplo de como criar um webinar para o fundo do funil: fale um pouquinho mais da sua empresa

Teste grátis ou o famoso “free trial”

Por que não deixar o seu consumidor testar o seu serviço por uma semana?

Com isso, o potencial cliente vai avaliar se o seu serviço é realmente bom, transmitindo maior confiança na hora de comprar.

O mais legal de oferecer teste gratuítos é que mesmo que o lead não converta em compra, com certeza te dará um feedback do serviço, para você fazer melhorias.

Fundo do funil de vendas
Um bom exemplo de como utilizar o “teste grátis” corretamente é essa oferta do LinkedIn para seu plano premium

Foco na Jornada do Consumidor!

O principal segredo para você criar e conquistar o máximo de conversões através de conteúdo para o fundo do funil – lembre-se que conteúdo sem objetivo é apenas consultoria grátis – é focar sempre na jornada do consumidor.

Isso te ajudará de todas as formas a planejar e estruturar seu fluxo de automação, a definir quais call to actions serão inseridas em cada post, e, claro, a criar conteúdo adequado para cada etapa da necessidade do cliente. Com o tempo essas informações estarão fixadas em seu cérebro, o que tornará o processo natural.

Se bater a dúvida, basta fazer o exercício: “se eu fosse o cliente nesta etapa, me interessaria por este conteúdo e teria o conhecimento necessário para compreendê-lo?”

Se a resposta for sim… bingo!

Agora que já sabe sobre todos os processos do funil de vendas fica fácil começar a planejar um conteúdo de qualidade para cada etapa.

funil de vendas

Fundo do funil de vendas: entenda a etapa de decisão de compras
Avalie o post

Sobre o Autor

Mariana Bueno
Mariana Bueno

Curiosa por natureza. Sedenta por constante inovação e evolução de negócios. Delicadamente desastrada, baixinha com espaço enorme para bons conteúdos e as boas cervejas da vida.

VAMOS INVADIR SEU INBOX!

Os melhores hacks, ferramentas, dicas e novidades do Growth Hacking. Chega aí! 👇