Como funciona o machine learning do Google ADs? Guia Rápido

marketing-digital-40

Como você pode saber os tipos de jornada dos seus usuários, sendo que elas acontecem num volume imenso e não são lineares?

Cada usuário tem sua própria jornada específica…

Então imagina montar tudo isso “na mão”!

Mas calma, tenho uma boa notícia.

O algoritmo do Google Ads analisa 70 milhões de sinais em um décimo de segundo.

Isso é o que torna o algoritmo do Google ADs o mais poderoso do mundo.

Neste artigo eu trouxe também um vídeo que te explicará de forma rápida e definitiva sobre o assunto.

O Machine Learning do Google ADs

Há quem diga que o Google se tornou uma empresa de inteligência artificial.

De 2011 até agora, a empresa já adquiriu uma dúzia de startups de I.A.

O fato é que os produtos do Google (em especial o Google ADs) possuem uma poderosíssima aplicação de aprendizado de máquina para otimizar seus resultados e experiência.

Ativando o Aprendizado de Máquina no Google ADs

Aqui temos um exemplo de aplicação de machine learning em campanhas de Google ADs.

Vamos imaginar que você tenha uma campanha para geração de leads, com lance manual.

Conforme você vai gerando esses leads, o google aprende o comportamento desses 50 leads que você gerou e então estabelece um padrão comportamental desses usuários.

Após coletar essas primeiras conversões, então você deve alterar sua campanha para lances automáticos ou smartbid.

É desta forma que se ativa a IA do Google ADs.

Uma vez que o Google tem dados para estabelecer um padrão (neste exemplo, coletados com as primeiras 50 conversões manuais), ele começa a encontrar (e prever!) mais dezenas de milhares de pessoas com um perfil semelhante, automaticamente.

Baseado nisso, a taxa de conversão da sua campanha vai aumentar gradativa e significativamente.

machine learning google ads

Esse aprendizado de máquina existe não só no Google ADs.

O Facebook, Instagram, LinkedIn e outras plataformas de mídia online também possuem um próprio I.A.

Porém, o machine learning do Google ADs é o mais poderoso, já que ele tem informações preciosas, como:

  • Por onde você navega na internet (chrome)
  • Os e-mails que você abre (gmail)
  • Os lugares que você visita (google maps e waze)
  • O que você fala (android)
  • Quais são seus hábitos (keeps, photos, drive, câmera, etc.)
input de dados machine learning google
Fonte: ThinkWithGoogle 2019

Ou seja, diferente do Facebook que te conhece de acordo com o que você curte ou pesquisa no instagram ou no próprio Facebook, o Google ADs consegue relacionar dados infinitamente maiores.

Portanto, essa é uma grande vantagem do Google ADs.

Uma vez que você tem uma campanha que já esteja funcionando, você pode escalar esse aprendizado para novas campanhas de Youtube, Display, etc.

O que você está esperando para começar com suas campanhas agora mesmo?

Caso precise, conte conosco!

CTA Marketing de Performance

Sobre o Autor

Guilherme Lacerda
Guilherme Lacerda

Sócio-Diretor na Alaska Marketing Digital e blogueiro nas horas vagas. Crio, executo e otimizo estratégias de retorno rápido, mensurando todos os resultados obtidos para maior conversão em vendas.

marketing-digital-40

AUMENTE SUAS VENDAS 🔥

Os melhores hacks, ferramentas, dicas e novidades de Growth Marketing!

Assine a Newsletter: