Inteligência Artificial no Marketing: Como Utilizar?

Inteligência Artificial no Marketing: Como Utilizar?
chatbot

Já perceberam que nós aqui do blog somos apaixonados por inovação e novas tecnologias, não é? Por isso hoje vamos falar de Inteligência Artificial no marketing.

E para isso queremos sugerir a visualização de um vídeo da SpaceX:

Se prefere assistir depois, tudo bem. Mas assista, ele é uma excelente introdução à Inteligência Artificial ao mesmo tempo em que consegue ser emocionante.

A SpaceX tem o “singelo” objetivo de estabelecer uma colônia humana em Marte (além de revolucionar o transporte de passageiros e cargas e faturar MUITO!).

E se esse objetivo soa loucura a seus ouvidos, saiba que eles estão mais próximos do que você imagina.

E a Inteligência Artificial tem um papel muito importante nessa história: é graças a ela que a tecnologia está avançando a passos, literalmente, astronômicos!

O que isso tem a ver com o tema do post? Tudo mesmo!

A Inteligência Artificial está por trás de cada lançamento dos foguetes da SpaceX, e ao mesmo tempo ela está presente nas estratégias de marketing da atualidade.

Este artigo vai fazer uma abordagem introdutória do tema mostrando um pouco da Inteligência Artificial no marketing e o que isso significa para as empresas.

A Inteligência Artificial: O Que É? O que Come?

Um dos objetivos da SpaceX é a reusabilidade.

Mandar satélites para a órbita da Terra e reabastecer a Estação Espacial Internacional custa muito caro. A solução encontrada foi produzir um veículo capaz de ser reutilizado diversas vezes.

Isso baixou custos e conquistou uma eficiência nunca antes atingida.

Mas, para tanto, foram “necessárias” muitas explosões (desmontagens rápidas não previstas, se preferir!). Apenas em 2015 a SpaceX conseguiu pousar um foguete inteiro.

Ela é um exemplo claro de como a Inteligência Artificial funciona, sendo capaz de aprender com as próprias experiências, elevando a chance de sucesso a cada nova tentativa.

De maneira rápida e prática, podemos dizer que a Inteligência Artificial é:

Um sistema capaz de elaborar um plano sozinho a partir de algumas referências, exigindo pouca ou nenhuma assistência humana para cumprir determinada tarefa.

Uma rede neural artificial – que é um sistema que simula o processo humano de aprendizagem.

As máquinas aprendem tendo como base os dados de acertos e erros das experiências anteriores, além de serem capazes de analisar uma imensidão de dados ao mesmo tempo e em alta velocidade.

inteligência artificial no marketing

O objetivo da inteligência artificial é fazer com que uma máquina consiga resolver problemas que requisitam a atenção humana. É preciso que máquinas reproduzam o comportamento humano, a análise humana e a abordagem humana do problema.

Em linhas gerais, há uma forma de mostrar a um computador como fazer alguma coisa.

Em seguida mostrar um monte de coisas feitas do jeito certo a este computador e aí o computador já consegue lidar com as coisas que surgem para ele resolver.

Cada acerto e cada erro significam aperfeiçoamento, como mostrado no acima.

Pousar um objeto comprido, que não tem asas, e sem fazer uso de um paraquedas é o tipo de problema ultra complexo que a Inteligência Artificial está conseguindo resolver em tempo recorde.

Mas há problemas aqui da Terra mesmo, do dia a dia das pessoas, que tem se beneficiado da Inteligência Artificial. Alguns exemplos você conhecerá abaixo.

Inteligência Artificial do dia a dia

A Inteligência Artificial tem se tornado presente em praticamente todos os momentos.

Talvez alguns exemplos sejam até uma surpresa para você. O fato é que estamos imersos a recursos que estão facilitando a vida das pessoas.

1) Boeing

Os aviões da Boeing requerem, em média, apenas 7 minutos de intervenção humana ao longo de um voo. Geralmente estes 7 minutos estão reservados para os pousos e decolagens. A I.A. mantém o avião em curso o resto do tempo.

2) Waze e Google Maps

A I.A. do Waze e do Google Maps coleta uma imensidão de dados em tempo real e devolve a cada usuário a melhor rota possível para seu destino. O mesmo tipo de tecnologia é usado pela Uber na hora de te buscar e te levar.

3) Spam do seu e-mail

Sua caixa de Spam é um exemplo perfeito de inteligência artificial.

Apenas marcar como spam mensagens que contenham “delivery”, “príncipe do Marrocos” e coisas do gênero não é nada efetivo.

Os e-mails mudam com o tempo, mas a I.A. aprende certos padrões de mensagens irritantes e os manda direto para a caixa de spam!

4) Depósito de cheques pelo Smartphone

Isso já existe no Brasil. A Inteligência Artificial consegue traduzir a escrita de mão em informações digitalizadas e fazer o depósito do cheque.

Sem falar dos sistemas antifraude, que identificam padrões de interação das pessoas com os aplicativos do banco e detectam diferenças que sugerem fraudes.

5) Waymo – Carro Autônomo Sem Volante

Quanto tempo perdido no trânsito, não é mesmo? Pois é, isso está para acabar.

A Waymo é o primeiro carro totalmente autônomo do mundo (nem volante tem!), e deve chegar ao mercado dentro dos próximos anos.

Estes são uns poucos exemplos, a lista é na verdade gigantesca. Isso representa muito.

São voos mais seguros e rápidos com menor consumo de combustível para as companhias aéreas. São viagens mais rápidas para nós que pegamos trânsito todos os dias, e menos trânsito já que vias alternativas são exploradas.

Para os bancos representa a necessidade de menos funcionários, já que praticamente tudo pode ser feito pelo computador ou pelo smartphone.

Menos tempo gasto guiando um automóvel que poderia ser gasto em lazer ou trabalho. Menos acidentes.

Máquinas estão conseguindo fazer os nossos trabalhos muito bem, e ainda vão melhorar muito. Essa é uma daquelas coisas que conseguem ser empolgantes e assustadoras ao mesmo tempo.

As empresas estão ficando cada vez mais eficientes, fazendo mais com menos. Uma pessoa faz o trabalho de 3 ou 4 com ajuda da Inteligência Artificial.

Entendeu, né?

Inteligência Artificial no Marketing

A Inteligência Artificial no marketing tem ajudado as empresas a descobrir muitas novidades diretamente relacionadas com o comportamento dos consumidores.

A internet é um mar praticamente infinito de informações.

Dada a realidade de que a vida humana está quase completamente interligada ao digital, é possível compreender melhor quais são os anseios das pessoas.

Com Inteligência Artificial é possível extrair do Big Data uma série de padrões e perfis de usuários de interessa das empresas.

Conhecendo estes perfis de usuários da internet (sua forma de interação social pela internet, suas preferências e estilos), as equipes de marketing podem fazer uma campanha efetiva para este ou aquele cliente.

Chegar com um produto específico até um cliente específico é a proposta do marcado de nicho, que muito se beneficiou da era digital. A ideia é conseguir chegar até aquele consumidor que tem o maior potencial de efetivar a compra por meio de uma campanha de marketing personalizada.

O importante não é alcançar o maior número possível de pessoas, é alcançar as pessoas certas.

inteligência artificial no marketing

Só que a coisa não para por aí.

Com estes dados é possível até mesmo antecipar comportamentos da sociedade, demandas que surgirão em breve e agir em cima destes dados para saciar os desejos dos consumidores.

I.A. em ação para as empresas

Já recebeu um daqueles atendimentos personalizados e inteligentes nos sites das empresas?

É possível que você tenha sido atendido por um computador e não percebeu. A Inteligência Artificial torna a máquina capaz de melhorar a interação com o cliente a cada atendimento prestado.

Os problemas solucionados pela máquina tornam-se referências para os atendimentos futuros. Este processo contínuo levará as máquinas à beira da perfeição.

Quando a Inteligência Artificial busca referências no Big Data ela consegue fazer o atendimento ficar cada vez mais parecido com o atendimento humano.

Diversas empresa já contam com atendimentos baseados em inteligência artificial.

ChatBot Alaska

O ChatBot além de funcionar 24h, é uma ótima forma de gerar leads.

O cliente digita o seu problema, as máquinas assumem a análise da questão e oferecem as melhores respostas disponíveis.

É claro que ainda não é um atendimento perfeito, mas boa parte das demandas dos consumidores podem ser resolvidas com umas poucas informações. Isso inibe a necessidade de que o cliente entre em contato com a empresa o tempo todo.

Outro exemplo de Inteligência Artificial:

Sabe aquele sentimento bom que sentimos quando a música preferida aparece na lista de sugestões do Spotify? Isso é conseguido por meio de Inteligência Artificial.

O nome disso é curadoria.

É assim que o Spotify faz recomendações de músicas que estão de acordo com o seu gosto. A análise do comportamento dos usuários proporciona resultados sensacionais como este.

O conteúdo fica personalizado, como se tivesse sido escolhido exatamente para você – e foi mesmo! Mas por um processo totalmente automático, baseado no seu comportamento e no de outros usuários.

A inteligência artificial tem ajudado o marketing a explorar melhor as preferências dos clientes.

O atendimento é muito mais rápido e o cliente se sente especial para a empresa. Isso causa sensação verdadeira de que o cliente está em primeiro lugar.

O aumento da taxa de conversão está intimamente relacionado com o quanto se sabe sobre o consumidor.

Conhecer o comportamento dos consumidores na internet é de suma importância para traçar as melhores estratégias de venda.

E a inteligência artificial tem tudo a ver com isso!

growth marketing

Advertisement
Redator Alaska

Este artigo foi redigido por um de nossos redatores certificados em marketing de conteúdo e inbound marketing.

Inbound Marketing

[eBook] Introdução ao Inbound Marketing!

Aprenda o que é o Inbound Marketing e como aplicar a estratégia para sua empresa vender mais.

Tudo certo! Verifique sua caixa de e-mail e aproveite o e-book. :)