Como Gerar Leads WhatsApp: Um Caso de Marketing Hacking

Hacking significa cortar caminhos, dar um jeito novo ou até mesmo uma nova maneira de dizer que algo foi criativo. É a arte de explorar brechas.

Se você é simplista como eu, então vamos chamar Marketing Hacking de ação de marketing criativa.

Mais fácil de entender, certo?

Afinal de contas, nomenclaturas vem e vão.

O que vou te mostrar aqui é como usamos o Google AD de uma maneira diferente na Alaska, para gerar leads via WhatsApp para uma clínica odontológica.

Muito chamariam essa sacada de Marketing Hacking, mas para nós foi só uma ação criativa guiada por dados. 😉

Setando metas no Google AD

Se você tem uma campanha rodando no Google AD, ela precisa ter um meta e estar corretamente configurada para tal.

Alerta: se você não tiver um objetivo em foco ou se sua campanha não estiver adequada, existe uma enorme possibilidade de você estar desperdiçando muito dinheiro atoa!

Se precisar de ajuda, aqui está a documentação do próprio Google AD sobre metas.

Pois bem, como já falei anteriormente, nós temos em mãos a conta de uma clínica odontológica que precisava aumentar o número de pacientes locais, e que já tinha algumas campanhas rodando no google ad.

A 1ª coisa que fizemos foi avaliar as campanhas de mídia.

Principais erros do Google ADs

Identificamos vários problemas que inclusive são bem comuns na maioria das campanhas onde melhoramos a performance:

  1. Campanhas sem metas esclarecidas.
  2. Palavras-chave muito amplas que traziam tráfego pago desqualificado.
  3. Snippets de conversão não-configurados.
  4. Tipos de lance desalinhados com objetivo do cliente.
  5. Página de destino sem objetivo definido de conversão.

Sem esses 5 itens esclarecidos e setados, dificilmente uma campanha trará retorno de investimento (ROI).

Meta na cabeça para pensar fora da caixa

Se você tiver em mente qual é o principal objetivo que precisa atingir, você acaba aflorando o mindset de inovação — ou o mindset hacker.

No caso da Prática Odontologia Total (a clínica odontológica em questão), o objetivo era bem claro: aumentar o número de pacientes locais.

A partir daí, pensamos:

” — Como podemos aumentar pacientes locais usando de ações de marketing digital? Que tipo de ferramentas poderiam ajudar?”

Foi então que entendemos que para aumentar o número de pacientes locais, precisaríamos aumentar o número de consultas, e poderíamos aumentar o n° de consultas se tivéssemos mais leads em atendimento.

Entendemos também que o WhatsApp seria uma ferramenta crucial que faria o meio entre o potencial paciente com o time de atendimento da clínica odontológica.

Meta definida: aumentar leads whatsapp.

Bingo!

Mas como geramos esses leads de atendimento?

Criando campanhas com foco em conversão

Agora que tínhamos a meta e plano esclarecidos, tudo ficou bem fácil.

O próximo passo lógico era criar uma landing page com um call to action (chamada para ação) com o link direto para o WhatsApp da clínica, como página de destino.

Sabe-se que de nada adianta ter boas campanhas no Google se a página de destino não possui um objetivo e call-to-action definido de forma clara.

Eis a página que ainda utilizamos para as campanhas:

leads whatsapp
Call to action intuitivo e claro = alta conversão.

Com a página de destino pronta, configuramos o snippet de conversão e subimos as campanhas na rede de busca do Google.

Um detalhe importantíssimo: as campanhas foram setadas 100% para dispositivos móveis. Afinal, não faria muito sentido para o público-alvo o atendimento online via WhatsApp em desktop.

O resultado dessa ação foi que no 4° trimestre de 2018 nos geramos 443 leads de pacientes por um custo médio de R$ 8,53 por conversão de ação.

O sistema simples de campanhas de conversão

Depois desse relato todo, você deve estar fervoroso para criar campanhas e atingir resultados parecidos, né?

Então não custa recapitular todo o processo que usamos para atingir os objetivos do nosso cliente.

Inclusive nomeamos esse processo como o Sistema Simples de Campanhas de Conversão.

Aqui está ele, prontinho para ser seguido:

  1. Estudar o público-alvo e entender suas principais dores.
  2. Estudar o produto ou serviço e mapear os principais ganhos que beneficia o público-alvo.
  3. Definir um objetivo e meta principal para a ação.
  4. Criar textos (copywriting) que atinjam as dores e ganhos em cheio.
  5. Criar a página de destino com um único objetivo e se aproveitar dos copys criados no passo anterior.
  6. Configurar os snippets de conversão e google analytics.
  7. Subir as campanhas sem se esquecer de aproveitar os copys.

Por fim, se você quiser ajuda para aumentar os resultados do seu negócio com marketing digital, é só me chamar por aqui.

Te desejo sucesso e ótimos resultados. 👊🏻

geração de leads
Como Gerar Leads WhatsApp: Um Caso de Marketing Hacking
2 votos (média de 5 estrelas)

Sobre o Autor

Guilherme Lacerda
Guilherme Lacerda

Diretor da Alaska Marketing Digital e blogueiro nas horas vagas.
Sou apaixonado por dados, inovação e tecnologia, o que me faz além de um entusiasta, um Growth Hacking por natureza. :)

VAMOS INVADIR SEU INBOX!

Os melhores hacks, ferramentas, dicas e novidades do Growth Hacking. Chega aí! 👇