Marketing Digital Para Negócios Locais

marketing-digital-40

Se você tem um negócio local, esqueça tudo o que te disseram sobre Marketing Digital.

Precisamos falar sobre Marketing Local.

Em qualquer guia, vídeo ou curso sobre marketing digital que você encontrar na internet, você vai ver aquele mesmo discurso: crie um site, um blog, produza conteúdo, anuncie nas redes sociais, faça e-mail marketing, vídeos, etc…

O que ninguém te conta é que fazer tudo isso não vai sair barato.

Veja bem, eu não estou falando para você evitar de fazer todas as ações possíveis de marketing digital — até porque este é o cenário ideal.

O problema é que na vida real nem todas as empresas possuem o orçamento da coca-cola.

Especialmente quando falamos de pequenas ou médias-empresas no Brasil, o mais inteligente a se fazer é pensar de forma escalável priorizando o custo-benefício.

E esse é o meu objetivo com este artigo: te explicar como fazer marketing de resposta-direta e que te traga o máximo de aproveitamento (retorno) rápido possível.

Aproveite este guia sobre Marketing Local.

Orçamento baixo? Foque nos potenciais clientes interessados

Se você tem um orçamento baixo, preste atenção nisso.

Você deve priorizar as ações com maior chance de darem certo.

Estou falando de atingir em cheio seus potenciais clientes já interessados pelo serviço ou produto que você oferece.

Sabe aquela história da jornada de compras e funil de vendas?

Funil de Vendas e Jornada de Compra
O Funil de Vendas

Aqui vai uma verdade: com pouco orçamento você não tem como construir uma audiência e educá-la para comprar da sua empresa.

Isso vai te custar muito mais tempo e dinheiro.

Ao invés disso, crie anúncios para quem já está buscando pelo seu serviço ou produto no Google: esses usuários já carregam INTENÇÃO de compra e já entendem que possuem um problema a ser solucionado.

São usuários altamente quentes que podem se tornar leads qualificados para o seu time de vendas.

Estou falando de virar o funil de vendas de ponta-cabeça, ou seja, de seguir o funil invertido:

Atraia usuários (que buscam pelo seu serviço ou produto) para sua página de vendas, gere leads quentes.

Desta forma você prioriza aquilo que traz venda-direta ao invés daquilo que desperta um estímulo.

Interesse VS Intenção

Acima eu falei sobre anunciar para potenciais clientes que buscam pelo seu produto ou serviço no Google.

Mas porquê eu disse Google e não Instagram ou Facebook?

Pois faz mais sentido anunciar para quem tem real interesse e necessidade pelo seu produto ou serviço — se o usuário está buscando ativamente no Google, então ele tem alto interesse e urgência.

Já as redes sociais são mais recomendadas para despertar o interesse e construir uma audiência para posterior ativação (venda).

Este é um processo que requer mais tempo pois exige educação desses usuários até se tornarem leads qualificados para venda.

Escala de Intenção e Interesse
A Escala de Intenção, por Guilherme Lacerda, Alaska Marketing Digital

O gráfico acima representa qual canal de mídia é o mais indicado para despertar interesse ou para atingir um público mais qualificado.

Ok. E qual a lição dessa pequena aula?

Demanda: manifestação de um desejo, pedido ou exigência; solicitação.

Trabalhar com pesquisa é trabalhar com a demanda do mercado.

É muito mais rápido (e portanto, eficaz) anunciar para usuários com intenção de compra.

Super dica: faça seu cadastro no Google Meu Negócio e preencha todas as informações que a ferramenta pedir.

É gratuito e vai te ajudar a levantar oportunidades de forma orgânica.

Leads Qualificados e Leads Telefônicos

O conceito de lead é muito simples.

Qualquer usuário que permitiu o contato da sua empresa é um lead. Está totalmente associado com a permissão.

Já o lead qualificado, além de consentir o contato, é também aquele que tem uma certa urgência e alto interesse em adquirir ou saber mais informações da sua solução.

É praticamente uma venda.

É claro que a sua competitividade é o que vai definir essa venda.

O que é competitividade?

É fornecer uma ótima experiência de compra.

Por meio das ações de marketing digital exemplificadas acima, o seu time comercial irá receber potenciais clientes interessados na sua solução.

A partir daí esses leads precisam de um atendimento que provenha toda a atenção necessária, além de destacar os atrativos, facilidades e diferenciais da sua empresa.

Se essa experiência for positiva, certamente você terá uma venda.

Só pra exemplificar, veja essa historinha:

Não seja esse tipo de empresa da história acima.

É imprescindível que o seu setor comercial tenha uma taxa saudável de conversão em vendas.

A média geral do mercado é de 10% de conversão de leads em vendas.

Leads Telefônicos

Geralmente quando falamos de leads, pensamos em e-mail.

Mas lead é qualquer usuário que fornece dados e consente um contato, e isso vale também para chamadas telefônicas.

E se eu te disser que é possível aumentar o número de telefonemas que a sua empresa receba de pessoas realmente interessadas pela sua solução?

Pois isso é plenamente concebível e recomendável.

Com ferramentas de tracking integradas ao Google ADs, é possível mensurar quantas ligações foram geradas por meio das campanhas de ADs, assim como quanto foi o custo para gerar cada uma dessas ligações.

Dessa forma você consegue medir o real retorno do seu investimento.

lead telefonico

A imagem acima contém resultados da campanha de Google ADs que vem gerando cerca de 350 chamadas telefônicas todos os meses para o nosso cliente, a clínica Prática Odontologia Total.

Se você quiser ver mais detalhes, confira o estudo de caso do uso de Marketing Digital para a Clínica Odontológica.

Crescimento Escalável

Um passo de cada vez e você pode crescer o seu faturamento e lucro.

Lembra das recomendações que todo mundo faz sobre marketing digital?

Criar um site, um blog, produzir conteúdo, anunciar nas redes sociais, automação de e-mail marketing, vídeos, webinars, etc…

A resolução para fazer Marketing Local é priorizar aquilo que traz venda-direta ao invés daquilo que somente desperta um estímulo.

Guilherme Lacerda da Costa

A minha dica para prover um crescimento escalável e saudável para a sua empresa é seguir essa ordem:

  1. Comece com campanhas para usuários com intenção de compra e converta em leads para realizar vendas.
  2. Depois que saturar os canais de intenção (google busca), aumente o volume de leads com campanhas de Display e YouTube.
  3. Trabalhe com remarketing e redes sociais (Instagram e Facebook ADs) para auxiliar no volume de leads.

Eu ainda tenho mais uma dica valiosa.

Sempre que for testar novas campanhas de auxilio (campanhas para estimular o aumento de demanda), use o aprendizado de máquina e listas semelhantes baseadas na sua base de clientes.

O vídeo abaixo explica isso de forma mais prática e didática.

Isso vai te ajudar a aumentar o volume de leads sem prejudicar a qualidade, garantindo sua receita X investimento. ROI.

É melhor ter poucos leads qualificados do que muitos leads desqualificados.

Qualidade é sempre melhor que quantidade.

Sempre tenha isso em mente para crescer de forma saudável.

Leituras Complementares:

Ebook CRO

Sobre o Autor

Guilherme Lacerda
Guilherme Lacerda

Sócio-Diretor na Alaska Marketing Digital e blogueiro nas horas vagas. Crio, executo e otimizo estratégias de retorno rápido, mensurando todos os resultados obtidos para maior conversão em vendas.

marketing-digital-40

AUMENTE SUAS VENDAS 🔥

Os melhores hacks, ferramentas, dicas e novidades de Growth Marketing!

Assine a Newsletter: