Pesquisa de Palavras – Chave: 6 Hacks Avançados Para Ser o Rei do Google

marketing-digital-40

Neste artigo vamos falar de 6 dicas avançadas de pesquisa de palavras chave que você precisa saber para rankear na SERP do Google.

O marketing de conteúdo está aí para contar diversos cases de sucesso, trazendo leads e gerando aumento de faturamento.

Se você não é um deles e não vê a hora de ser ou, ainda, já conseguiu provar o valor da estratégia, mas quer potencializar os números que vem alcançando, preste bem atenção nestes 6 hacks que separamos abaixo.

Otimizar o coração da estratégia de conteúdo (as palavras-chave) pode ser o que estava faltando para, finalmente, ajustar as ações com os resultados que estava esperando!

Os 6 hacks avançados de pesquisa de palavras chaves

1. Saiba usar as palavras-chave nos seus posts

Resuma em uma palavra ou expressão o seu conteúdo ou a dúvida que ele atende.

A grosso modo é isso que a palavra-chave significa para os textos:

É o centro, envolta do qual tudo o que está escrito está diretamente relacionado e, pelo SEO (Search Engine Optimization), visa fazer com que o leitor encontre tais informações mais facilmente.

O Google avançou muito com relação à interpretação dos conteúdos, o que, na prática, significa que não adianta repetir a palavra-chave um zilhão de vezes de forma gratuita.

A keyword não possui um número exato para conseguir ranquear na primeira página.

E se a densidade não auxilia na alavancagem da sua estratégia de marketing digital, o que é considerado?

A semântica!

Que, não por acaso, é o principal fator de avaliação utilizado pelo Google, sendo conhecido como LSI (Latex Semantic Index).

De olho no principal critério do Google

Textos bem escritos, seja na internet ou fora dela, trabalham com sinônimos — na busca de não empobrecer a leitura com excesso de utilização da mesma palavra — e também com correlações — com o objetivo de inserir elementos que ilustrem e facilitem o entendimento sobre o universo abordado.

O LSI reflete esta capacidade do buscador, que procura entender o contexto do que está escrito para determinar a qualidade da página.

Textos ambíguos e confusos, nesta lógica, só tendem a perder posições na SERP (Search Engine Results Page).

Assim, é preciso desenvolver artigos ricos e aprofundados, mas que sejam claros e objetivos ao mesmo tempo.

Como exemplo, em um texto cuja palavra-chave fosse alimentação fitness, palavras como saudável, verdura, legumes, refeição equilibrada, são termos que integram o universo do tema e seriam analisados pelo buscador como forma de validar a intenção e a qualidade do que está escrito.

E para ter diretrizes de como trabalhar, o primeiro passo é, de forma estratégica, saber escolher a keyword.

2. Pesquisa de palavras chave long-tail para o aumento de tráfego

O termo long-tail sugere a associação com longo, comprido, mas não é bem assim que funciona.

O contrário das long são as head tails e a diferença entre elas é a competição, e isso precisa estar muito claro quando realizar a pesquisa de palavras chave para a estratégia.

pesquisa de palavras chave

Head-tails são as keywords mais caras, pois costumam ser termos comuns e genéricos, de associação direta com a dúvida a ser esclarecida.

O fato de, comumente, serem mais curtas (compostas por uma a três palavras) é devido ao fato de facilidade de lembrar, sendo assim, mais pesquisadas.

Já as long-tails são palavras menos buscadas porque costumam ser específicas, ou seja, procuradas por pessoas que querem aprofundamento sobre algo ou informação focada e, por isso, acabam sendo mais longas (normalmente compostas por quatro ou mais termos), o que não é uma regra.

Ao trabalhar com palavras-chave pouco concorridas e mais específicas se tem a chance de conseguir ranquear mais facilmente, pois não está batendo de frente com palavras disputadas, mas ganhando espaço e relevância com termos associados.

Mas o que seria uma palavra-chave se o conteúdo não for bem escrito?

Portanto…

3. Faça os leitores permanecerem nas páginas

Little Girl Lol GIF by ADWEEK - Find & Share on GIPHY

O tempo de permanência é outro critério crítico para o ranqueamento, pois, quando se entra na página e, em seguida, opta por trocar de destino, sinal de que o conteúdo dali não era relevante, correto?

Logo, não tem porquê estar entre as primeiras colocações.

E para ser atrativo aos leitores é preciso investir criatividade nos elementos de destaque do artigo, afinal, quem é que nunca dá aquela checada na página toda antes de realmente ler?

Os intertítulos auxiliam a escaneabilidade porque norteiam o leitor, de forma rápida, sobre o roteiro de informações que são abordados no conteúdo.

Mas é preciso fazer mais, pois, durante essa passagem de olho, os títulos, subtítulos e introdução têm a chance de instigar a curiosidade e prender o usuário.

Portanto, mais do que utilizar os subtítulos como tópicos secos e sem inspiração, é preciso cativar o usuário a ponto de ele investir tempo no que está escrito.

A introdução, por sua vez, precisa envolver e, para isso, pode utilizar da fórmula APP (agree, promise, preview) que, em bom português, significa concordar, promessa e prévia.

Na prática, primeiramente, se aborda uma realidade enfrentada pela persona, que, ao ler, concorda e tem confiança para acreditar na promessa que é demonstrada pela prévia do que está por vir.

E como criatividade é uma habilidade que deve ser desenvolvida diariamente, ela deve também trazer novidades para a sua estratégia.

4. Formule palavras-chave novas

Judith Atendimento GIF by Porta Dos Fundos - Find & Share on GIPHY

Ao ter audiência, gerar autoridade na rede a partir dos posts e demais conteúdos relevantes que desenvolver é possível ousar e criar termos que façam sentido dentro do segmento, área de conhecimento e momento de mercado.

No entanto, é importante frisar características importantes, como ser simples e fácil de memorizar.

Termos que precisem de legenda, por certo, não terão adesão.

Ao contrário disso, se conseguir convergir momento com conceito em termos que sejam novas palavras-chave é quase certo que venha a fazer sentido não só para a sua audiência como também para as demais empresas que estão no mesmo universo.

Assim, quem teve a iniciativa de lançar a palavra estará em destaque por trabalhá-la primeiro, porque, ao difundir-se, significa que a keyword foi utilizada bem o suficiente a ponto de gerar o interesse dos demais.

No entanto, haverá um momento no desenvolvimento de conteúdo que será preciso driblar alguns desafios, como o apontado abaixo.

5. Encontre mais keywords

Computer Working GIF - Find & Share on GIPHY

Nada como olhar a grama do vizinho para ver o porque ela parece mais verde, não é mesmo?

Ter os concorrentes sob monitoramento é fonte rica de pesquisa de palavras chave para ter insights sobre o que pode vir a utilizar que ainda não está.

Mas a prática acima nunca (!) deve afastar a atenção das dúvidas dos clientes.

O SAC 2.0 da empresa por meio das redes sociais, os grupos e páginas de relacionamento da comunidade, bem como a interação com eles também são locais férteis para ter ideias de novas palavras.

As funções de pesquisas relacionadas e o complemento automático do Google são mais opções a serem utilizadas frequentemente, além das ferramentas específicas como, por exemplo, o SEMrush.

Ao utilizar todas essas dicas técnicas já estará preparado para pensar de forma mais comercial e apostar em conteúdos de maior apelo.

6. Vire hit da internet

Insane Cat GIF by TJ Fuller - Find & Share on GIPHY

Quem não recebeu o vídeo da Natura feito em parceria com a Thymus que utilizava a transição de papas para explicar a sociedade contemporânea? Boom!

Tema relevante somado a evento histórico (e polêmico!) com uma qualidade que está de parabéns!

E olha que o vídeo tem mais de dez minutos e faz uma reflexão.

Resultado: mais de meio milhão de visualizações.

Para chegar a estes momentos de buzz não é preciso tanta produção, mas planejamento e senso de oportunidade ao trabalhar com datas especiais, novidades e notícias (do mercado de massa).

Ter este radar ligado, pronto para fazer conexões relevantes e inteligentes que agreguem valor para a persona só tende a valorizar a marca.

Sem contar que, dado um determinado acontecimento, algo irrisório em buscas se torna um carnaval de procura, e por que não pegar carona em um rojão desses?

Ao conseguir utilizar todos os seis hacks apresentados neste post a sua empresa pode se tornar um foguete e disparar nas primeiras colocações.

Para tanto, reformule sua estratégia e pesquisa de palavras chave e vire o rei da primeira página!

funil de vendas

Sobre o Autor

Redator Alaska
Redator Alaska

Este artigo foi redigido por um de nossos redatores certificados em marketing de conteúdo e inbound marketing.

marketing-digital-40

AUMENTE SUAS VENDAS 🔥

Os melhores hacks, ferramentas, dicas e novidades de Growth Marketing!

Assine a Newsletter: