Dicas práticas de como incluir Redes Sociais no seu Plano de Marketing B2B

Dicas práticas de como incluir Redes Sociais no seu Plano de Marketing B2B

Ter uma presença ativa nas mídias sociais é um marco importante para toda empresa de pequeno ou médio porte.

Apesar de não ser prioritário para o funcionamento da empresa, estar onde os seus clientes estão pode fazer toda a diferença. Afinal, há mais de um bilhão de usuários mensais ativos no Whatsapp e no Facebook.

As redes sociais possibilitam a geração de negócios e a construção de comunidades em torno de produtos e serviços.

Segundo uma reportagem da Forbes, em 2016, 39% dos profissionais de marketing entrevistados detectaram ROI gerados a partir de mídias sociais. É por isso que apenas uma presença passiva nas redes sociais não é mais suficiente.

Há mais de um bilhão de usuários mensais ativos no Whatsapp e no Facebook.

Os algoritmos das redes sociais (exemplo para o Facebook) buscam cada vez mais priorizar conteúdos de valor para os usuários, portanto é necessário fazer um plano adequado com conteúdo relevante e tecnologias para marketing.

redes sociais b2b

Antes de ir para as dicas, aqui vão alguns pontos essenciais para você refletir ao incluir uma estratégia de mídias sociais no seu planejamento de marketing B2B:

Com quem você quer conversar?

Se estamos falando de marketing B2B, em um primeiro momento você pode pensar nas empresas que poderiam utilizar o seu serviço ou produto.

Mais importante do que isso é conhecer o perfil do seu cliente final. Na web, você conversa com pessoas a um nível individual, e não com empresas.

Qual será o posicionamento da sua empresa?

É importante definir um manual de identidade visual e um calendário editorial.

O tom de voz do texto e as imagens publicadas precisam seguir essa identidade visual e ser atrativos às pessoas que você está tentando atingir.

Como você pode alinhar o SAC (Serviço de Atendimento ao Cliente) com as redes sociais?

Pense em como você lidará com o suporte ao cliente nas redes sociais.

É bom alinhar com a equipe de atendimento as principais dúvidas e formatar um documento com respostas prontas para agilizar o tempo de resposta.

As redes sociais estão à disposição 24h por dia e 7 dias por semana. Montar uma rotina de monitoramento com a sua equipe de marketing ou customer success pode ser necessário.

Que métricas você levará em conta para medir o desempenho das atividades em redes sociais?

Estabeleça com a sua equipe quais as principais métricas de sucesso para as atividades nas redes sociais e o seus objetivos, como engajamento com clientes, geração de leads ou suporte ao usuário.

Para gerenciar os atendimentos e leads gerados nas mídias sociais, considere a contratação de uma plataforma de automação de marketing que integre as equipes de marketing, vendas e customer success.

Automação de Marketing

Dicas para colocar em prática:

Aqui vão algumas dicas para que você, após montar o planejamento estratégico da presença da sua empresa nas redes sociais, possa gerar resultados relevantes para o seu negócio:

1) LinkedIn

O LinkedIn é a rede social mais valiosa para empresas que vendem para outras empresas.

Com os filtros de busca corretos, você pode encontrar o contato de qualquer pessoa.

Utilize o LinkedIn Sales Navigator para fazer prospecção ativa Empresas que já possuem uma persona ou segmento de mercado bem definido podem usar o LinkedIn para prospectar profissionais que possam se interessar pelos seus produtos ou serviços.

A versão paga do LinkedIn Sales é muito interessante e tem um período de teste grátis de 30 dias.

Escreva conteúdos relacionados ao seu setor no Linkedin Pulse

Para ganhar relevância na rede, é importante trabalhar o branding pessoal.

Isso significa ter um perfil campeão e compartilhar conteúdo relevante com a comunidade. O Linkedin Pulse te permite compartilhar histórias e opiniões profissionais.

2) Twitter

Esta é uma rede social mais descontraída, que gira em torno de memes e dos principais tópicos sendo discutidos na Internet.

Participe de conversas relacionadas ao seu setor

Use a busca avançada para encontrar as pessoas que estão falando sobre assuntos relacionados ao seu mercado. Participe das conversas e ofereça insights ou referências relevantes, entregando valor para essas pessoas.

Utilize ferramentas para gerenciar a sua comunidade

Quer levar um pouco mais a sério?

Utilize a ferramenta Audiense para se engajar com a sua comunidade no Twitter e analisar os dados.

3) Facebook Groups

Comunidades são formadas em volta de interesses comuns.

Você pode explorar isso ao criar um ou mais grupos no Facebook relacionados ao seu negócio.

Utilize uma ferramenta de análise

Com a ferramenta Grytics, é possível agendar posts dentro de grupos e fazer análises, inclusive saber quais os membros mais ativos do seu grupo.

Engaje com diferentes grupos e comunidades

Assim como no Twitter, você pode usar o buscador do Facebook para participar de conversas e engajar com pessoas de outras comunidades a partir de temas relacionados ao seu negócio.

Tenha uma presença ativa

Caso você crie um grupo, poste ao menos uma vez por dia, com imagem e conteúdo direto no post do Facebook (evitando links externos, de preferência).

Lembre-se que a construção de um grupo pode ser uma forma incrível para conseguir insights e entregar valor às pessoas do segmento para o qual a sua empresa atua. Há várias plataformas para fazer isso, como o WhatsApp e o Slack, por exemplo.

Continue testando até encontrar quais formatos funcionam melhor para a sua empresa.

Ah! Não esqueça de compartilhar os resultados com a gente! 😉

facebook para empresas

Advertisement
Caroline Scholles

Caroline Scholles é formada em publicidade pela UNISINOS e pela UEL (University of East London). Trabalha na área de marketing há seis anos e é apaixonada por mídias digitais, filmes estrangeiros e viajar. Atualmente é responsável pelas mídias sociais do Pipz Automation.